Quem faz?

“A culpa é toda do lego.”

Foi o que escrevi na carta de apresentação do meu primeiro currículo, completamente cru e sem experiência.

Me chamo Henrique Manreza e escrevi essa frase na época porque era (é) a grande verdade. Quando eu era criança nunca soube ao certo o que seria quando crescesse: Arquiteto? Desenhista? Publicitário? Colecionador de figurinhas da Copa de 90?

Tempos depois percebi o que todas as profissões tinham em comum (tirando o colecionador): A criação. Desde pequeno sempre soube que trabalharia com isso e a culpa com certeza foi do lego ;)

Tinha dúvidas em que área seguir até surgir a internet em minha vida. Trabalhei com design em plena bolha dos anos 90/00, sobrevivi e me formei nisso. Sempre gostei de entender as pessoas, trabalhei com projetos e aprendi na prática o que é gestão de pessoas, algo que muitos odiavam, eu adorava, e essa foi uma ferramenta extremamente importante para o que escolhi fazer da minha vida.

Como todo designer, sempre tive um fraco por fotografia, ela chegou de mansinho e me fez cair de 4, defino a fotografia em minha vida como puro tesão. Muitos designers curtem fotografia de publicidade, moda… mas o que sempre me deixou apaixonado foi o fotojornalismo, por fazer essa fusão de fotografia, pessoas e histórias. Foi o que me fez largar um bom salário, ótimos colegas de trabalho, uma empresa que sempre me valorizou e uma profissão que ainda gosto. Vai entender o que um cara faz por uma paixão ;)

Não posso nem ameaçar a reclamar da minha trajetória no fotojornalimo. Comecei em um dos maiores jornais do Brasil (Folha de SP), conheci pessoas fantásticas, aprendi, participei do nascimento de um jornal (Brasil Econômico), ouvi muitas histórias e assim obtive experiência tanto em hard news como em iluminação e retratos.

Sempre segui meus instintos e digo para todo mundo como fico incomodado quando estou acomodado. Por conta disso resolvi colocar esse projeto em prática, o momento estava conspirando e resolvi encarar o desafio.

Minha idéia é deixar as coisas fluirem, não faço idéia do que irá acontecer, e pra mim essa é a melhor parte ;)

4 comentários em “Quem faz?

  1. Em um destes paragrafos sou testemunha viva e um admirador nato.

    Manda vê, brother !! :D

  2. Olá,

    Desejo sucesso no seu Projeto. Sou pernambucana, mas vim trabalhar por 2 anos no sul do Amazonas. Vi coisas boas e outras nem tanto. Porém, é uma oportunidade única vivenciar um pouco a diversidade do nosso país.

    Boa Sorte!

  3. Olá Henrique, vi o link no facebook postado pelo Robson e vim dar uma olhada no site.

    Seu projeto é muito audacioso e bonito, espero que mesmo nas dificuldades você tenha força para continuar naquilo que mais lhe dê satisfação e alegre o seu coração.

    Parabéns e boa sorte.

  4. Te acompanhei em toda toda trajetória – muito mais do que está escrito (antes até do primeiro porre).

    Você vai longe…

    Abs

Leave a Reply to Marcia Ramos Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *